facebook
Do interior do Pernambuco
para a zona rural de Touros no Rio Grande do Norte

Do interior do Pernambuco para a zona rural de Touros no Rio Grande do Norte

Acabou a nossa estada no Castelinho na Serra de Pernambuco, hora de seguir viagem e continuar com o planejado. próximo destino: Zona Rural de Touros no Rio Grande do Norte.

Nosso plano era ficar em Touros por 35 dias e na sequência programaríamos quais seriam os próximos destinos. Porém a nossa estada em Touros ficou em 12 dias e permitam-me aqui contar mais sobre o que aconteceu conosco no Rio Grande do Norte.

Meu nome é Danielle Truffi e este é o podcast do portal We Go, ouça para que você possa romper as suas próprias barreiras, vem com a gente vai ser mais leve garantimos

Chegando à Touros

Após seis horas de viagem chegamos ao maravilhoso estado do Rio Grande do Norte e não sabíamos que o próximo destino nosso era o Marco zero da BR 101. E, enfim, ao final da BR adentramos em uma estrada que dava em nosso novo lar.

Logo ao chegar, confesso que a decepção foi muito grande, pois a casa não condizia com as fotos do anúncio. Quem nos recepcionou não foi a anfitriã que negociamos e sim, uma administradora alemã que não entendia muito bem o que perguntávamos.

Ainda, assim, como acabávamos de passar por uma situação de estresse com o anfitrião de João Pessoa, resolvemos relevar alguns pontos e entender como a casa funcionava no dia dia.


Touros é um lugar maravilhoso, ficamos na Zona Rural, distante da cidade, ao lado de uma vila de pescadores. Muito legal o ambiente e a localização da casa. O condomínio em si, não era grande coisa, porém passava certa segurança. Para as compras, utilizamos os pequenos mercados da cidade de Touros, e para lazer, é sempre muito divertido ir até São Miguel do Gostoso, que é uma pequena parte incrível nesta região.

Será que escolhemos errado?


Aos poucos fomos nos adequando e tentando fazer daquele o nosso lar, porém aos poucos e com o passar dos dias, as dependências da casa e suas peculiaridades estarrecedoras iam tomando conta do prazer de estar no Rio Grande do Norte.

É preciso admitir: Sim!!! Fizemos mais uma escolha errada! E infelizmente tivemos de encerrar nossa estadia antes do esperado.

A casa continha camas pequenas com colchões tortos, que ao décimo dia, não tinha uma pessoa da trupe que não estava com dor nas costas. Os banheiros cheiravam muito mal devido ao encanamento antigo e a falta de tampa nos ralos, além das privadas que entupiam constantemente.

As baratas dentro da casa eram sem fim, até dentro da cafeteira continha baratas. E o mais agravante de todos: a internet era a rádio e oscilava constantemente e os dados dos aparelhos móveis não funcionavam na região. De forma não termos um back-up quando da oscilação do Wi-fi. Este ponto fez com que tenhamos de ir até São Miguel do Gostoso ou Touros ( 10 km de distância) para terminarmos algumas de nossas reuniões de trabalho.

Enfim, todos estes fatores de uma casa não condizente com os anúncios, unido ao fato de que o trabalho se tornava quase impossível, em certos dias, tivemos de assumir para nós mesmos que a estadia começava a se tornar insustentável.

E mais, uma vez começamos com trâmite de reaver nosso dinheiro, porém desta vez, como já somos hóspedes experientes, conseguimos resolver com um pouco menos de estresse do que da vez anterior.

AirBnB mais uma vez solícito


Ligamos para o Airbnb e conversamos por lá sobre os trâmites que faríamos e quais eram os problemas que estávamos enfrentando. Sempre mantivemos a nossa comunicação também com a anfitriã que tirando o fato dela estar na Alemanha, e o fuso horário, que atrapalhava em determinadas tomadas de decisão, se mostrou bastante compreensiva na maior parte do tempo.

A plataforma do AirBnB nos ajudou a todo tempo e mediou a situação da melhor forma possível. A anfitriã entendeu nossos questionamentos e principalmente o fato de não estarmos conseguindo trabalhar do imóvel. Desta forma, demos início ao chamado e em 24 horas a anfitriã concordou com o cancelamento do restante da estadia e a plataforma nos ressarciu com referência aos dias restantes que não utilizamos.

Para a escolha da próxima casa, utilizamos os mesmo critérios que aprendemos:

  • Não limitamos muito o local;
  • Ficamos atentos aos detalhes

E assim, encontramos um apartamento no Ceará…Mas é daí que começa o novo capítulo desta nossa aventura. Aguarde o nosso próximo podcast.

compartilhe essa ideia

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

escute o We Go